"Então, comeu kibe cru e sentiu a vida nascer. Desse dia em diante tomou gosto pela vida e só passou a comer..." (Trio Mocotó)



quinta-feira, 18 de setembro de 2008

Por que algumas pessoas não explodem?

ginko biloba

Há alguns dias, ouvi uma piada super engraçada (rsrs) bastante parecida com a tirinha do frango de alguns dias atrás.

"Em uma escola de homens-bomba, o professor leva seus alunos para uma aula prática.

Com o controle de seu colete de explosivos na mão ele diz:

- Agora vocês prestem bastante atenção que eu vou explicar só uma vez!"

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Aí, em uma noite mais folgada, como bom brasileiro sem TV a cabo, tive que assistir a um capítulo da novela A Favorita, da rede Globo. Tinha a tal da Flora, a tal da Lara, a tal da Donatela... Mas o que mais me chamou atenção foi o núcleo violento da novela. Sempre tem nas novelas uma personagem que é pega para Cristo e serve para mostrar o lado social da novela. Já teve uma que apanhava de raquete, teve quem apanhasse dos pais, mas desta vez o eles se superaram. As personagens da Lília Cabral e do Jackson Antunes conseguem, na minha opinião, deixar todas as outras no chinelo.

O que se passa é que a Lília Cabral é traída pelo marido e falta muito para apanhar, mas não faz nada para mudar a situação. Por que é que ela não larga do marido, não o denuncia na delegacia da mulher, não toma uma providência? Porque acontece com ela o que acontece com muitas mulheres! Apanham, mas não têm coragem de colocar seus maridos, o pai de seus filhos, seus companheiros atrás das grades.

Várias são as histórias de mulheres que retiram a queixa contra seus maridos, mesmo depois do processo judicial ter sido instaurado. Chega ao cúmulo de mulheres procurarem seus "ex"-companheiros violentos alegando "necessidades".

Sinceramente, não é assim que os casos de violência doméstica vão se resolver.

A Lei Maria da Penha tem ajudado a várias mulheres, mas são elas mesmas que têm que se ajudar.

É o caso da mulher da novela... das duas uma, ou ela se ajuda, ou explode, porque já está insuportável aquele núcleo violento da novela!

3 comentários:

Anônimo disse...

é que depende da intensidade da pancada
às vezes, um tapinha não dói

Finito Carneiro disse...

O Planeta Terra vai explodir mesmo... deixem a mulher pra lá.

Os vogons estão chegando!

Amanda noveleira disse...

Pe...huauhauha adorei o post, mas vim aliviar seu "estress dramaturgico" . Ela vai largar o marido...acho q ue vaiser hoje!Fique de olho!!! E tem mais: sabe a Stella? A loira dona do restaurante? É lesbica...uhauhauha elas vao ficar juntas.
Viva..... mundo liberal! (Isso sim ta sendo cada vez mais comum nas novelas).
Bjkas