"Então, comeu kibe cru e sentiu a vida nascer. Desse dia em diante tomou gosto pela vida e só passou a comer..." (Trio Mocotó)



domingo, 27 de julho de 2008

Ser humano, esse idiota

adalberto mirinda

Ato I

Não sou ateu, muito menos um religioso fanático como Bin Laden e George Bush – muçulmano e protestante fanáticos, respectivamente.
Só não acho que seja possível o ser humano ter sido criado à imagem de Deus, porque, vamos ser bem sinceros, a imagem do ser humano não é nada boa.
“O homem criou Deus à sua imagem e semelhança!”
Um amigo meu me disse isso.
Estou começando a achar que essa frase é verdadeira.

Ato II

Sabem o que o ser humano é? Um fracassado. E o pior de tudo: um fracassado sem coragem para assumir seus erros.
Afinal de contas, quem é que precisa inventar alguém para colocar a culpa de todos os seus fracassos?
Antes de prestar um vestibular, a pessoa diz: “Vou passar nessa prova, se Deus quiser!” Ou seja, se ela não passar, foi porque Deus não quis.
Isso é certo? Colocar a culpa do próprio fracasso em Deus?

Ato III

O ser humano ainda acha que o aquecimento global é uma farsa. Ele não ta nem aí pra isso.
É uma coisa que não me entra na cabeça: Deus realmente criou o homem à sua imagem e semelhança? O homem. Esse ser desprezível.

O ser humano não ta nem aí para Deus.
O ser humano não ta nem aí nem para si mesmo.

Eu já perdi toda a minha esperança no ser humano. A partir de agora, aposto todas as minhas fichas no planeta Terra.
O planeta Terra é sensacional!
Podem desmata-lo, transforma-lo num deserto ou, então, num imenso oceano sem fim, que, após milhões de anos, ele voltará a ser como antes. Já o ser humano, não. Ele (inclusive eu e você) é um perfeito dum idiota.

2 comentários:

Amanda disse...

Finito....
concordo com algumas coisas que você disse, mas vim mesmo falar sobre a parte de "imagem e semelhança" de Deus...se você acredita em Deus, deve ter ouvido falar do tal de ADÃO..este era o "perfeito". A imagem e semelhança de DEUS. O ser humano que somos hoje, já é fruto do pecado, portanto, o homem está separado de DEUS. Para isso, foi enviado ao mundo, Jesus Cristo, para ser o intermediário entre Deus e os homens. Por isso há a história de "nascer" novamente, a metafora que explica a necessidade de aceitar Jesus em sua vida como seu Salvador, e tentar ao menos viver de acordo com a vontade de Deus (no caso, descrita nas sagradas escrituras).
Não quis fazer uma pregação, apenas elucidar isso, mas independentemente de qualquer coisa, isso tudo é questão de fé, e para fechar: a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam e a certeza das coisas que não se vêem, portanto, não pode ser explicada.
Beijokas

Anônimo disse...

Finito, Finito... Sempre polêmico.