"Então, comeu kibe cru e sentiu a vida nascer. Desse dia em diante tomou gosto pela vida e só passou a comer..." (Trio Mocotó)



terça-feira, 1 de julho de 2008

Ego versus compromisso com os cidadãos

caco modula
Eu não conheço de perto a realidade dos artistas, mas me arrisco a dizer que, muito além das celebridades do mundo artístico, os políticos têm o maior ego que eu já vi. Em um evento público, no sábado (28) estava eu, com minha santa ignorância, ajudando a preparar a solenidade de entrega de uma obra. Nunca tinha feito isso, mas já participei de algumas nos últimos três anos – trabalhando como repórter e dando uma mãozinha na organização– e sei, mais ou menos, como tudo funciona.

Um figurão (não no sentido pejorativo) se aproximou da nossa equipe:

- Quero que todas as pessoas [que havia indicado havia poucos segundos] falem.

Contestamos:

-Mas é muita gente, não acha?

- O evento é meu e faço como quiser. Quem manda aqui sou eu – respondeu autoritário.

A partir da delicadeza daquele senhor, tivemos problemas, porque não só ele, mas outras pessoas ligadas a ele se sentiram no direito de opinar em nosso trabalho. E como quem mandava no pedaço era o distinto senhor, tivemos dificuldades para terminar os preparativos para o evento. O evento teve início, as pessoas (tooooodas) falaram e no final tudo acabou bem. UFA!!!

Pode até parecer uma reclamação. Não é. É só uma análise do comportamento daquelas pessoas que escolhemos para nos representar e decidir o que é melhor para nós mesmos. É uma avaliação, talvez parcial, mas não sem indignação, das pequenas atitudes que nossos líderes no poder público têm quando precisam mostrar quem é mais forte. É o ego falando mais forte do que o compromisso com os cidadãos.

Em ano de eleições, cada um quer ser mais do que o outro, aparecer mais, fazer mais do que outro e agradar quantas pessoas forem necessárias. É a corrida pelos votos. É a sede de poder. Alianças políticas e partidárias infundadas, acordos, traições. Tudo isso e mais um pouco faz parte do mundo da política e muitas vezes ficamos alheios a tantas coisas. Por isso, desde já, faça uma avaliação das pessoas que acham que podem nos representar e procure escolher aquele que realmente parece estar preocupado em resolver os problemas da sua cidade e não apenas mostrar que pode mais quem está “por cima”.

Por hoje é só.

2 comentários:

Carolinda!!! disse...

É akela conversinha sobre massagear o ego neh!?
O meu ponto de vista, e bem meu mesmo, naum me permite acreditar nem por um milésimo de segundo sequer, q essa pessoa de atitudes arrogantes ou prepotentes sejam mais q Eu por ex. ou mais q qquer outra pessoa!
Tá "por cima"? Parabéns?! Xegou ae como? Essa é a kestaum!!! Ah! outra kestaum tbém é akela: só cai kem tah por cima.. hehehe e coisa e tali e tali e coisa..

Acredito q kem demonstra autoridade ou impõe respeito de maneira autoritária e "maleducada", jah diz no ato q naum tem nada disso "pissirica" nenhuma!!!

Beijos aos Bokinhas q permaneceram com elas alguns dias fechadinhas. SENTI FALTA DOS TEXTINHOS! NÃO FAÇAM MAIS ISSO!!!

:)

A.Amorim disse...

Bom Dia, Vim Prestigiar o espaço por meio do email recebido.

Com Relação ao texto final deste artigo digo: "Quem disse que nós é quem escolhemos e decidimos quem deve ou não ser eleito e tomar posse? Tome por exemplo os cadidatos que se surpreendem ao verem que no final das apurações dos votos nem ele mesmo votou em si próprio!! Alguém pode me explicar essa?"

Bom Reinaldo Silva, Você acredita mesmo que o politico valoriza o CIDADÃO, e que existe um COMPROMISSO mínimo?

E por falar em COMPROMISSO com o CIDADÃO... O que vocês acham da idéia dos partidos PSDB e PFL de acabarem com o 13º Salário e a Licença Maternidade?

A política meu amigo, é uma grande empresa... onde nós somos os meros e descartaveis funcionários que fazem essa merda toda andar.

Reflita nas Frases:

"Você acredita mesmo que o Lula é quem está no poder?"

"Pirataria é crime, corrupção é arte"

"O pobre furta uma galinha, e é taxado de Ladrão e certamente vai mofar na cadeia. Um Politico ou até mesmo um empresário de renome, roubam e/ou sonegam bilhões, e isso é visto como desvio de verba. E pouco provavelmente será acusado de algo ou responderá por isso, e ainda sim a este mesmo sujeito lhe será concedido o direito de tratamento psicológico dada as circunstancias bem como licença remunerada e talvez aposentadoria integral especial." Você duvida??

Parabéns pelo espaço democrático, ganhou um leitor. Só falta disponibilizarem os devidos Feeds.

Abraço!