"Então, comeu kibe cru e sentiu a vida nascer. Desse dia em diante tomou gosto pela vida e só passou a comer..." (Trio Mocotó)



segunda-feira, 16 de junho de 2008

Truco

leda nius

Em todo churrasco, festinha de amigos ou naquelas tardes de bebedeira rola o jogo de truco. Eu sempre ficava de fora, apenas vendo as cenas de gritos, risos, socos nas mesas, sarro, gestos, pessoas exaltadas, comemorações e muitos comentários. Semana passada resolvi ter “aulas” de truco com um parceiro (de muitos outros jogos), para entender um pouco mais das peripécias desse fantástico jogo que une (e separa) as pessoas.
Depois do embasamento teórico, fiz alguns exercícios e fui para a aula prática. O ambiente: um churrasco a tarde em Porto Rico, com vista para o Rio Paraná. Meu professor e outros amigos falavam sem cessar, blefaram, enganaram, gritaram, ganharam. Eu joguei com outras duas pessoas... Era terrível fazer parte do grupo de perdedores e eu não agüentei a pressão do jogo e dei o meu lugar a outro. Fiquei assistindo... Às vezes não entendia nada: as regras, sinais, a audácia dos jogadores, simulação.
As pessoas fazem de tudo para ganhar um jogo de truco! E quantos truques isso tem! A vida é um jogo, tão complicado quanto o truco. Neste ano político, fico pensando que talvez nossos políticos sejam os maiores jogadores desse “truco da vida”, e porque não, mestres nessa arte.
Eles blefam o tempo todo, são tantas falsas promessas.
E o que fazer para reverter o jogo? Nesse caso, cabe a cada um tomar sua postura. Não dá para simplesmente anular-se. É preciso saber entender os sinais certos, ter ousadia, prestar atenção nos “adversários”, para fazer as melhores escolhas.
No truco, uma carta muda tudo no jogo. O seu voto também pode mudar a sua realidade. A diferença básica é que nesse jogo da vida, quem perde geralmente são sempre os cidadãos. Portanto pessoal, vamos analisar bem “as cartas que temos”, para fazer a escolha certa.
TRUCO!

8 comentários:

Sitião disse...

Mesmo falando de truco, essa histórinha tem uma moral que todos devem levar em conta... os que jogam e os que nao jogam!

custela disse...

ficar atento aos sinais;
ouvir o q dizem os jogadores;
entender a estratégia de cada um;
jogar as cartas na mesa.

com certeza política e truco têm muito em comum... achei bastante pertinente a comparação... e fica aki o desejo de um churrasquinho num final de semana qqer pra fazermos uma boa rodada de truco... o q acham???

Anônimo disse...

na verdade eu nem sou muito de jogar esse jogo, nem conheco muito as arte manhas. mais sei que na politica a arte de blefar eh oq dita a regra do jogo. ta ai uma boa reflexao na hr do voto. adorei a comparacao!!!

Amandaaaa disse...

uhul...to dentro desse churras..hahaha

Carolinda disse...

Desde q o churras naum anule meu VIPzinhu, eu apoio a Amanda e o Custela, caso contrário, bom ae resolveremos pessoalmente hehehe

A comparação foi show mesmo!!!
Eu naum entendo nada de TRUCO. Mas sempre mandei bem no "Rouba Monte" e "Canastra" (acho q era esse o nome) hahahahha
aaaaa embora naum seja baralho, no UNO eu tbém arrebento. Bem, o q quero dizer é q espero mandar melhor nas próximas eleições, já q constatei q nas últimas meu votinho naum ajudou e o jogo virou.. e naum a nosso favor.

Boa sorte aos jogadores!!!

Finito Carneiro disse...

Ótima comparação!

Vamos ver quem dará o truco nessas eleições...

Boca Livre disse...

Querida Carolinda,
o seu VIP ainda está de pé.

Veronica disse...

lendo esse texto e recordando os muitos que meu curso me "obriga" a ler, fico pensando se a democracia tal como conhecemos e vivemos faz sentido!!! Se estamos "sempre" condenados a enfrentar desconfiança em época de eleição, será essa a melhor forma de delegarmos representantes para o governo de nosso país?? Quero dizer... esse papo todo de democracia, liberdade, cidadania se restringi à isso?? Quando muitos são os que vendem seus votos por coisas diversas vale a pena escolher tanto?? Num país que não possui senso crítico e politização com certeza quem sabe as peripécias do truco sai na frente...