"Então, comeu kibe cru e sentiu a vida nascer. Desse dia em diante tomou gosto pela vida e só passou a comer..." (Trio Mocotó)



terça-feira, 24 de junho de 2008

O serviço público de cada dia

caco modula

O que dizer do serviço público? Existe o funcionalismo funcional, digamos assim, e o que não vai para frente. Estou dizendo isso, porque hoje pela manhã precisei de algumas informações em prefeituras de diversas cidades. Um dado simples: preço da passagem do transporte coletivo urbano.

Começou assim: procurei os telefones das prefeituras e fui para minha jornada. Liguei. Em algumas cidades, foi fácil. Apenas uma transferência para outro ramal e a resposta veio. Em outras, era um tal de “vou passar para outro setor”, “vou transferir a ligação”, “aguarde um minuto” e a paciência indo pelo ralo. Em uma determinada prefeitura, a ligação foi transferida pelo menos SEIS vezes.

Ta. Eu sei que ninguém é obrigado a saber o preço da passagem. Confesso que da cidade onde moro, eu também não sabia até pouco tempo. O que questiono aqui é o tratamento oferecido aos cidadãos. No serviço público, há quem trabalhe muito bem e há quem não queira nem conversa. E quando não querem conversa...

O descaso para com o contribuinte existe. E se o contribuinte não gosta e reclama, pode ser punido por desacato ao funcionário público (artigo 331 do Código Penal). Mas quando chega o ano seguinte, tem de pagar os impostos e taxas e contribuições etc etc etc. Se não pagar, dívida ativa.

Quem presta serviço à comunidade, precisa garantir que haja um bom atendimento, afinal, o servidor é a “fachada” de uma prefeitura – ou outro órgão público, que seja. Como diz a própria denominação: servidor é o “indivíduo que serve” (Ferreira, Aurélio Buarque de Holanda, Novo Aurélio Século XXI: o dicionário da língua portuguesa, Nova Fronteira, 1999).

8 comentários:

Carolinda disse...

De fato Caco...
"sou servidor e não sirvo??? ou não sei servir???" Interessante!
Vai aprender vai, compra um livro sobre o assunto, faz aulas de etiquetas ou quem sabe, TOMA VERGONHA NA CARA neh?! Seria o mais digno e barato hehehe

ps: Caco, alguém te maltratou? alguém te feriu com palavras ásperas? É como diz meu amigo orkut: "Palavras categóricas e ásperas são sinal de uma causa infundada". Me conta tudo. Me passa o telefone desse servidor q eu vou lá mostrar p/ ele(a) c/ qtos serviços se faz um servidor público decente! huahauhauhua

MTO INTELIGENTE O TEXTO... MESMO!

Leda disse...

Caco..isso serve de lição para todos nos que, sendo ou não servidores públicos, devemos tratar os outros com o mesmo cuidado e respeito que gostaríamos de ser tratados. Se todos seguissem essa velha máxima, o mundo teria menos problemas.
Beijokas

Stião disse...

O único motivo que pode dar algum embasamento para tal comportamento do funcionalismo público, se é que pode se dizer assim, á a lei que impede que alguém retalie uma má educa~çao desse fucionário. Aí de mim, se desacatar algum cliente ou qualquer pessoa que entre na agência em que trabalho...

Yú disse...

calma lá galera... então vcs estão me dizendo que n vale a pena fazer alguma coisa contra isso?? Mesmo pq até onde eu sei quem legitima todos esses processos burocráticos são os eleitores,certo?? Ou seja, nós!!! Se existem "funcionalismos" públicos que não funcionam ou que funcionam mal, de quem é a culpa?? De quem legitima esse processo, acertei de novo?? Ops, quem legitima esse processo são os cidadãos que somos... nós?? ai...to confusa agr!!! Cada vez que venho aq ler os textos de vcs mais me vem a certeza de q nada de macro (KARL MARX) vai dar certo enquanto o micro (MARX tbm) não tomar postura frente a esse tipo de coisa... mas amore de minha vida, se eu bem te conheço, e olha q faz muiiiito tempo, vc n é uma das pessoas mais pacientes, n q isso justifique qqr resposta grossa q vc tenha levado muito menos a espera para saber o preço da passagem de ônibus... isso é só pra dizer q te amo... hehe

Amanda disse...

Ah...eu concordo com a Yu, tanto pelas reflexões como por conhecer cada pedaço desse Caco de gente

caco modula disse...

só pra esclarecer: nem todos os funcionários públicos ocupam cargos políticos... há muitos cargos técnicos ocupados por funcionários concursados e, nesses casos, a escolha não é da população... outra coisa: sei que não sou dos mais pacientes - mas já estou trabalhando isso há um bom tempo - o que não significa que tenha tratado mal alguma das pessoas que me atenderam... pelo contrário, mantive o mesmo discurso e o mesmo tom de voz todas as vezes que conversei com alguém... e nisso não minto sozinho, porque todos os que estavam perto de mim ouviram e até teve quem comentou "nossa, hoje ta dificil hein"... por ser (ou melhor, estar) prestador de serviço público é que me vi no direito de reclamar: sei como funciona o serviço público e sei q os que não executam corretamente a funçao que tm é q mancham a imagem do funcionalismo público, pq com certeza tem muita gente qualificada e muito bm disposta trabalhando pelo bem da comunidade.

Carolinda disse...

MANDOU BEM DE NOVO CACO.
E vc pode naum ser o mais paciente do mundo mas tah chegando lá... afinal vc nunca me deixou falando sozinha no msn, mesmo qdo vc tah lah OCUPADO - o q é todo dia hehe -sempre me responde, PACIENTEMENTE.
hauhauhauhauua fala ae se naum é TUDO A VER huahauhaua

MTO BEM MANDADO ESSE SEU ESCLARECIMENTO... SOBRE T-U-D-O.

YÚ disse...

amore...o q eu quis dizer com legitimação de processo, n são diz somente questão a política... legitmação de processo no sentido de que legitimamos esse tipo de tratamento por fazermos parte dele, ou por falta de reclamação, ou por nos sujeitarmos aos processos de seleção impostos à sociedade... e isso td faz parte de um sistema democrático q n funciona no nosso país!!! Tbm n tenho propostas de qqr outra forma de governo q possa vir a dar certo, até já desisti do comunismo, nem marxista me consideo mais, aí td cai na abstração mesmo, é q eu gsto de falar, mesmo se tratando de coisas q nós nunca chegaremos a ver um dia...nem qndo tivermos 40 anos entrando na igreja (ahhh pq eu qro igreja sim!!)...outra coisa, qndo me referi a sua rabugentice n estava reclamando dela n, mesmo pq qndo a gente ama a gente n liga pra essas coisas!! saudade viu...bjo