"Então, comeu kibe cru e sentiu a vida nascer. Desse dia em diante tomou gosto pela vida e só passou a comer..." (Trio Mocotó)



quarta-feira, 4 de junho de 2008

Indiana Barros e o Reino da Caveira de Cristal

adalberto mirinda

Um. No último domingo, dia 1 de junho, Maringá perdeu a nomenclatura de Cidade-Canção e passou a se chamar Cidade-Esporte.
O nobre motivo é que, nesse glorioso dia, foi inaugurado o novo complexo esportivo Vila Olímpica de Maringá, com presença do maratonista Vanderlei Cordeiro de Lima, do nadador Fernando Xuxa, o Scherer e do excelentíssimo senhor Ministro dos Esportes Orlando Silva.

Tudo correu bem, o prefeito Silvio Barros Segundo discursou e, depois que terminou, todos foram comer pastel na feira.
O domingo chegou ao fim, todos assistiram ao Fantástico e foram dormir.

Na segunda-feira, de manhã, quem passou pela Vila Olímpica, titânica obra de uma mente megalomaníaca, deu de cara com os portões fechados. No local, muitos trabalhadores trabalhando e operários operando, mas nenhum esportista esporteando.

Ué, mas ela foi inaugurada sem estar pronta?

Dois. Durante a Expoingá, a galera do chapéu, frigideira na cinta e cara de bobo pôde usufruir do mais novo empreendimento do Silvio Barros Segundo: uma passarela na Av. Colombo. Popularmente chamada de "Passarela da Av. Colombo", ela facilitou a ida dos chapeludos aos shows mais funestos que se tem notícia.
Depois que a exposição acabou, quem quis atravessar a avenida usando chapéu... digo, a passarela, não pôde. Afinal, muitos operários estavam terminando a obra.

Ué, mas a passarela foi inaugurada sem estar pronta?

Três. A notícia que encheu os jornais de Maringá e região foi a de que a administração conseguiu, finalmente, zerar a dívida com o Estado, deixada pelas administrações anteriores, incluindo a do Silvio Barros pai e do Ricardo Barros, o irmão.

Ué, mas porque conseguiu zerar justamente agora, sendo que este é o ano eleitoral?

É tão simples a comparação: A tão sonhada reeleição está para o prefeito de Maringá como a Caveira de Cristal está para Indiana Jones.
É uma epopéia onde tudo está em jogo, seja cortar mais árvores para favorecer a fachada de um shopping, seja abrir espaço no Parque de Exposições para um campeonato de som automotivo de uma famosa marca de som automotivo.


É simples, Silvinho. Pegue aquela caveira e continue o legado do papai.


E a população fica embasbacada nas duas situações: uma, pensando na possibilidade de Steven Spielberg ser um debilóide por colocar três cataratas em plena Amazônia no filme do velho Indiana e, outra, pensando na possibilidade de passarmos mais quatro anos sendo feitos de tolos pela dinastia Barros.

10 comentários:

Indigmanda disse...

Pois é, não preciso dizer mais nada. Justificarei meu voto kkkkkkkk.
Bjokas
bom dia a todos!

Carolinda disse...

Eu gosto do Indiana Jones..
era um dos meus filmes preferidos qdo pekenina..
Qto aos Barros.. mesmo com medo de não mais ser aceita no Boca vou confessar.. o Silvio era o único q eu gostava... desculpa xente.. eu Votei nele.. sou uma das culpadas pelas obras inacabadas e pelas dividas só agora pagas. Galera foi mal, mas eu acreditei q com todo akele charme e elegância o Silvinho iria fluir em inteligência para "prefeiturar" a cidade!!!

:(

Finito Carneiro disse...

Carolinda, fica fria.
Você sempre será aceita no Boca Livre, desde que pague as mensalidades em dia.

E outra, nem você, nem outro eleitor tem culpa das atrapalhadas do Silvinho.

custela disse...

Também gosto do Indiana... Ele é o cara... Já o Silvio... Bem, as obras inacabadas inauguradas têm um propósito: o período para o prefeito participar de inaugurações está acabadno, por causa do ano eleitoral. Como ele vai tentar a reeleição, precisa fazer tudo até o comecinho de julho, depois, fica proibido. É claro que esse motivo não justifica o descaso com a população: inaugurar obras inacabadas só para mostrar que está fazendo um monte de coisas pela cidade é, no mínimo, uma falta de respeito enorme. Inaugure quando estiver tudo pronto, sem pensar somente na campanha política, e pense um pouco melhor sobre o compromisso que assumiu quando decidiu ser prefeito: faça o melhor pela população.

Camarada (por e-mail) disse...

CAramba...
Não to acreditando que achei uma turma pra fazer oposição aos Barros...
Vcs nao sabem como fiquei feliz em ler cada linha dos textos ali contidos no Blog.
Podem contar comigo.
Um abraço e vamos a luta companheiros.

Boca Livre disse...

Caro Camarada,

Ficamos comovidos. Obrigado!

Carolinda disse...

Gostaria de exteriorizar meus mais sinceros sentimentos pela oportunidade concedida pelo Boca.. é isso ae.. diga ao povo q FICO! Obrigada pelo apoio rsrsrsrsrs

Mesmo não querendo começar uma discussão política por aki eu tenho q falar.. POR FAVOR.. será q agora a gente tem q engolir mais PT só pq os Barros fizeram "barrinho" a cada eleição??? Pãããatz me assustei qdo o camarada disse "vamos a luta companheiros"... E na verdade eu preferi votar nos Barros pq "ADORO" o PT.. já sei.. nas próximas eleições eu voto em ANULAR meu voto hehehehe

Carolinda disse...

de qto é a mensalidade no Boca?
fala ae... faço questão de pagar cada centavo.. aliás vou pedir patrocínio ao prefeito hahahahaha

Thiago Alonso disse...

magrão, vc escreve o texto e fica você mesmo comentando.
vai dar uma de nocaute dugan?



(grande Sindicato dos Ladrões; grande Elia Kazan; grande Marlon Brando!)

rafael disse...

pois é ,muito interessante o texto e concordo 100%, agora presta mais atenção como se refere a outras pessoas, ninguém é igual. Acho que da mesma forma que você quer mais respeito da Prefeitura, começe a respeitar o proxímo com suas diferenças e gostos que não são do seu agrado. Todo o prestigio do blog pode ser perdido por essa sua livre expressão!