"Então, comeu kibe cru e sentiu a vida nascer. Desse dia em diante tomou gosto pela vida e só passou a comer..." (Trio Mocotó)



quinta-feira, 5 de junho de 2008

Dia Mundial do 0,5 ambiente

ginko biloba

Cá estava eu, neste dia 5 de junho pensando sobre o que escrever neste maravilhoso blog. Pensamentos divagando sobre os mais diversos assuntos quando me cai a ficha, graças a um rádio ligado lá longe. Só consegui ouvir o finalzinho da locução:

- (...) é, a dona Adelaide disse que guarda a água da chuva para lavar as calçadas...

Em pleno século XXI, ano de 2008, é incrível que a gente ainda tenha que valorizar, que bater palmas para atitudes como esta, que já deveriam ser rotineiras e passar desapercebidas.

Ninguém é mais criança (com exceção das crianças) que a gente tenha que ficar:

- Ó que lindo! Escovou os dentes direitinho! – ou

- Isso mesmo! Parabéns! Fez todo o dever de casa!

Existem coisas que não são mais do que a obrigação de cada um! Essas atitudes devem sim servir de exemplo e, talvez, até serem valorizadas para poder estimular outras pessoas a fazer o mesmo e para que outras pessoas as copiem, mas o que realmente precisamos é inserir em nossas crianças valores que vão muito além de ambientais.

Uma das primeiras atitudes tomadas no intuito de combater o então chamado “efeito estufa”, a ECO 92 está quase entrando na maioridade. Dezesseis anos já se passaram e as pessoas ainda não separam seus lixos, lavam suas calçadas com a mangueira, jogam papel de bala no chão, latinhas pela janela do carro...

Vou revelar um segredo. No prédio onde moro não tem separação do lixo. Mas prometo aqui que vou propor uma iniciativa e separar, pelo menos o meu! Assim, posso me dar ao direito de ficar indignado cada vez que guardo um papel de bala no bolso para chegar à lixeira e vejo alguém jogando no chão!

6 comentários:

Finito Carneiro disse...

Nossa, cara. Falou tudo!
É tão simples que até um jegue pode fazer...

Carolinda disse...

Meu pai é Gestor Ambiental.. é o responsável pelo setor de meio ambiente da empresa dele.. (de fato, ele é mto importante hehehe) e por isso, tbém, eu tenho aprendido dmaes! Ele tah sempre fazendo trabalhos a respeito, preparando palestras e o que eu vejo mais dificil mudar SÃO AS PESSOAS. Conscientiza-las é a parte mais árdua... são resistentes a beça. É como se pensassem assim: "Se só eu mudar ñ vai adiantar nada, e jah q ngm muda, ah dexa keto!"
A problemática maior, definitivamente, é fazer c/ q as palavras criem vida e atuem na prática. E uma coisa é certa, o meio ambiente tah mudando, situações críticas tomam forças maiores e nada disso irá esperar nossa boa vontade!
E acho mto mais sério qdo todo mundo fala em termos cuidado com o meio ambiente q deixaremos p/ nossos filhos. Qual é galera.. talvez eu tenha filhos daki há 10 anos.. kem sabe neh?!?! E kem foi q disse q só daki 10 anos as coisas ficaram terríveis? É mta ingenuidade tal pensamento!!!

"Vamos cuidar do q é nosso gratuitamente". Essa frase jah está batida.. mas por ser dita e naum vivida!

Fernanda disse...

O texto foi simples, o tema foi atual e de extrema importância. Acredito que a gente tenha consciência..oq nos falta é ação!

Minina loira da gangue disse...

Educação....precisa falar algo mais? Eu mesma preciso rever a minha em alguns pontos.

Boca Livre disse...

Minina loira: sim, você precisa!

A mais assídua!!! disse...

Kerida minina loira.. sim VC PRECISA MESMO... NAUM HÁ SOMBRAS DE DÚVIDA!!! hauhauhauhuauhaa