"Então, comeu kibe cru e sentiu a vida nascer. Desse dia em diante tomou gosto pela vida e só passou a comer..." (Trio Mocotó)



terça-feira, 18 de maio de 2010

Urânio de Tolo?

Ginko Biloba

Bom, acho que depois de tanto tempo sem escrever, nada melhor do que trazer um monte de opinião aqui pra vocês, afinal de cuentas, o Boca é pra isso mesmo...

O blog fica desatualizado mas o sarcasmo não para, não para, não para não!

Durante esse tempo de folga (tá parecendo magistratura, com 60 dias de férias por ano...) a gente descobriu uma comunidade bem legal no orkut... chama Vaquinha para Milena Colombari. Pra quem não está ligado, leia o texto da Leda! Excelente ideia, fazer uma vaquinha pra ajuda-la a pagar a faculdade... e por que não fazer uma Bolsa Colombari, pra sustentá-la depois da facul, já que o curso ainda "opera" (entendeu? Opera... medicina... hã? Hã?) com mandado de segurança e pode não dar diploma pra ninguém!!! R$3.000,00 de mensalidade e o povo pode ficar sem diploma!?!?

Outra coisa que eu acho que vale destaque desde a semana passada, mas o tempo foi curto, é uma série de entrevistas com os pré-candidatos a presidência. Na primeira semana foi a vez do Serra, que disse que o Banco Central não é a Santa Sé, e que pode haver intervenção, segundo ele, com o bom senso de um economista. Na segunda-feira 17 foi a vez da ex ministra Dilma Roussef, que parece cada dia mais preparada para ser candidata... daí a estar preparada para ser presidente é outra história... Semana que vem, dia 24 é a vez da Marina Silva, que já tem vice e está se esforçando para ser uma candidata forte.

Outro destaque foi sem dúvida o "acordo" do Brasil com o Irã... esse ninguém sabe ainda o que vai dar. Eu confesso que sempre achei que o Irã fosse um coitadinho de bem, que estivesse sendo oprimido pelos EUA, mas confesso que a cada dia tenho mais medo deles. Não medo de que eles ataquem o Brasil, mas isso não é completamente risk-free. O Irã pode ter usado o presidente Lula e todo o seu prestígio de político entre os 25 mais influentes do mundo pra se dar bem e depois o Brasil e a ambição do Lula que se ferrem. Já pensou a cara do Lula se o Ahmadinejad desrespeitar tudo isso e fazer uma bomba do mesmo jeito?

É claro que o Irã já não goza de uma credibilidade tão grande, então todos quase esperam que isso aconteça, mas não seria muita ingenuidade do Brasil? Eu sempre fui uma pessoa de bem e digo mais uma vez, achava mais fácil o Irã ser oprimido e a mídia nos passar uma imagem distorcida do que o contrário, mas nunca se sabe. Talvez eu seja tão ingênuo quanto o Lula... Mas este um assunto bastante delicado. Todos sabemos do que uma bomba é capaz.

Sobre o "vexame" do Lula, acho que ele é um cara de bem, assim como eu, talvez seja mal-assessorado, mas não o acho um cara ruim. Além disso, gostei da frase de uma amiga (tá! Pode não ser "dela", mas eu vi por meio dela) que cabe aqui como uma luva: "Acreditar não faz de ninguém um tolo. Tolo é quem mente."

2 comentários:

Ana Paula disse...

Pedro, Parabéns!!!

Adorei o blog, concordo com a matéria, inteligente e crítica.

Da mesma forma, espero que este "acordo" respingue menos no Brasil do que o Lula espera.

Ótima semana!!!

Ana Paula...

Anônimo disse...

O Lula ainda vai ganhar o prêmio Nobel da Paz, anote isso!