"Então, comeu kibe cru e sentiu a vida nascer. Desse dia em diante tomou gosto pela vida e só passou a comer..." (Trio Mocotó)



terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Ele não viu, mas o São Paulo é campeão

caco modula

Um torcedor fanático. Uma partida decisiva para o clube do coração. A promessa de um estádio lotado. Uma história que tinha tudo para terminar com a grande comemoração depois da conquista do título. Mas acabou antes mesmo de o jogo começar. Um são-paulino foi baleado em frente ao estádio onde o Tricolor enfrentaria o Goiás, durante uma confusão entre torcedores e policiais. Foi para o hospital em estado grave.

A violência que assusta. Banalizada, já não choca mais ninguém, apenas intimida. A tevê, o rádio, o jornal e a internet ajudam bastante a torná-la cada vez mais comum, afinal, o noticiário está tomado por assassinatos, roubos, seqüestros. E tudo isso é incorporado ao nosso dia-a-dia. E nos deixa apreensivos. Assusta. Mas não podemos parar, a vida segue.

Ouvimos, atônitos, falar sobre as ondas de crimes. Vemos cenas chocantes. Pensamos no descaso do Estado. Mas só nos mobilizamos quando a violência chega perto de nossa realidade. Aí, fica a revolta, a vontade de que algo seja feito. Manifestações populares são organizadas, a sociedade se mobiliza. Passam-se quatro dias e tudo volta ao que era antes. Esse quadro estarrecedor é resultado de quê? Não sei exatamente, mas sei que algo precisa ser feito. Começando por pequenas atitudes. No dia-a-dia. Fazer o bem sem olhar a quem. Quem sabe, assim, as coisas começam a mudar.

Aliás, se não fosse aquela demonstração de estupidez em frente ao estádio no domingo, aquele torcedor não seria atingido e talvez estivesse comemorando o título. O São Paulo é o único a conquistar o Brasileirão seis vezes, três consecutivas. Hernanes foi o craque do campeonato, Miranda foi premiado com o troféu ouro na categoria zagueiro esquerdo, Muricy foi eleito o melhor técnico. E nós ficamos aqui esperando a Libertadores.

Porque começa assim, depois melhora!

Por hoje é só.

2 comentários:

Anônimo disse...

aos outros times resta comemorar as vagas, porque os títulos ficam sempre com o são paulo

Amandex disse...

Caco... a culpa de tudo isso é um pouco de todos nós, assim como devemos 'fazer o bem sem olhar a quem', é bíblico que 'aquele que sabe fazer o bem e não o faz, erra'. É complicado... o tal prevenir é melhor que remediar não funciona na prática. Dessa forma, estamos conformados a chorar hoje, sorrir amanha e continuar nessa inconstância que ajudamos a aumentar todos os dias.
Sei que não devemos mesmo parar de viver por causa dos problemas, mas apenas sobreviver a eles não é bem o que podemos chamar de "plenitude" de vida. Acabo de crer que este mundo é mesmo apenas um grande teste e pelo jeito, a maior parte de nós está sendo reprovado. Quero mesmo é ir para o céu!