"Então, comeu kibe cru e sentiu a vida nascer. Desse dia em diante tomou gosto pela vida e só passou a comer..." (Trio Mocotó)



quarta-feira, 19 de novembro de 2008

O jornalismo de Maringá perde um companheiro

É com pesar que este blog comunica o falecimento do companheiro Henry Jr.

Henry trabalhou muito tempo com jornalismo na cidade de Maringá. Era amigo de quase todos os jornalistas da terrinha e desde o começo do ano lutava contra um violento câncer. E lutava mesmo. Não se entregou em momento algum. E nem podia. Ao seu lado, outra guerreira não o deixava nem pensar em desistir e dava a cada dia motivos pra ele lutar ainda mais.

Na manhã deste dia 19 de novembro ele não resistiu. Depois de meses de luta e sofrimento, agora ele descansa. E descansa sabendo do carinho e do amor que todos que ficaram ao seu lado devotaram a ele, e isso é mais importante.

É muito difícil perder alguém. É muito chato quando não podemos nos despedir das pessoas de quem gostamos. Ficamos com aquela sensação de que não completamos alguma coisa, que sempre ficou algo sem ser dito. Não quero dizer que doa menos ou que seja menos pior, mas para todos aqueles que ficaram ao lado dele até o último instante, serve o consolo de que nada deixou de ser dito, nada deixou de ser sentido, e que ele partiu com a certeza de que foi e de que ainda vai ser muito amado.

Um comentário:

custela disse...

tive pouco contato com o junior, mas foi o suficiente para perceber nele um cara de bem com a vida e bastante prestativo... além disso sempre comentavamos no jornal do povo, q ele fazia fotografias de alto nivel, com sacadas interessantissimas... perde o jornalismo de maringá e, com certeza, perdem as pessoas próximas a ele...